Featured

Representatividade de gênero e raça na publicidade no Brasil é tema de pesquisa

By 27 de dezembro de 2018 Sem comentários

 

Representatividade de gênero e raça na publicidade no Brasil é tema de pesquisa

 

Divulgada a poucos dias, a pesquisa “TODXS – Uma análise da representatividade na publicidade brasileira”, desenvolvida pela agência Heads em parceria com a ONU Mulheres, mostra um importante estudo sobre o impacto efetivo e perceptível das discussões sobre equidade de gênero e raça na publicidade brasileira.

A pesquisa foi feita através do monitoramento de todos os comerciais veiculados nos canais de televisão (aberta e fechada) de maior audiência no país durante os dias 5 a 11 de fevereiro de 2018. Foram 1.822 inserções analisadas o que gerou um grande número de informações sobre o assunto abordado.

Entre alguns dados apresentados, um importante diz respeito à evolução de 57% de homens negros como protagonistas dos comerciais, assim como de mulheres protagonizando as histórias contadas, chegando a 16%.

“Embora 55% da população brasileira se declare negra, percebemos que estamos muito distantes de um ideal de equidade“, aponta Isabel Aquino, diretora de planejamento da Heads e responsável pelo estudo. “A publicidade ainda é racista: dentre os coadjuvantes, os negros são maioria. Mas o que se quer é protagonizar. É ter voz” também afirma Isabel.

A pesquisa também apresenta dados positivos, como o protagonismo de personagens com cabelos ondulados, cacheados e crespos do que personagens com cabelo liso, tradicionalmente o mais valorizado pela sociedade.

Para quem trabalha com comunicação, entender essa mudança comportamental na representação publicitária se torna importante para mudarmos os estereótipos que reforçam materiais e construções imagéticas.

Acesse todos os dados da pesquisa no link https://goo.gl/m9Kkdf

 

Voltar    Todas as notícias

 

Responder